Diretoria, presta atenção!

Posted on

Os ingressos para o segundo jogo das finais do campeonato paulista, na Vila Belmiro, acabaram em menos de 5 horas. A venda abriria primeiramente para os sócios, e somente na quinta-feira para os não-sócios, mas isso nem chegará a acontecer.

A carga de ingressos a venda foi de 15800, sendo que seis mil pertencem a proprietários de cadeiras cativas e camarotes, que não podem ser comercializadas mesmo que seus respectivos donos não forem ao jogo. Dessa subtração ficamos com 9800 ingressos disponíveis. Porém 700 ingressos são destinados a torcida adversária e outros 1000 mil ingressos a patrocinadores e convidados, além de 1650 do setor Visa, disponibilizados para a venda na internet (não precisava ser sócio para comprar). Nessa nova conta chegamos a cerca de 6,5 mil ingressos restantes.

Um sem-número de ingressos são disponibilizados para as Torcidas Organizadas (TO), o que diminui ainda mais o número que estaria disponível para venda. Tais ingressos não podem ser comercializados e são exclusivos para integrantes (sócios) da TO. Só o peixe conta com mais de 30 mil associados, enquanto a Torcida Jovem, maior organizada do clube, já passou dos nove mil.

A bronca do torcedor santista é uma só: se todos os ingressos foram adquiridos por sócios do peixe ou da TO, não poderiam haver ingressos com cambistas certo? Errado. O que se vê na Vila famosa nesta semana são cambistas CHEIOS de ingresso, como? A diretoria agiu rápido para apartar o fogo e transferiu a partida contra o Once Caldas, pela volta das quartas-de-final da Libertadores, para o estádio do Pacaembu, para que os ingressos não se esgotassem tão rapidamente.

Mas o que o torcedor espera não é uma transferência da jogo para um estádios maior. O torcedor santista, em sua maioria, entende o Santos é mais forte na Vila Belmiro, sua casa. O torcedor quer é um basta nessa máfia de ingressos porque até quem é sócio acabou ficando sem. Competência e transparência, é só isso que pede o torcedor santista em troca de amor incondicional.

Por Eder Traskini – @EderTraskini

About Eder Traskini

Faço jornalismo na UEPG, como Mc'Donalds, tomo Coca-Cola, uso Nike e leio Veja. E não sou a favor do PT. Santista e amante de esportes.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: