Soberanos no Brasil

Posted on

Ganso comemora gol com Elano, o segundo do Peixe.

Tal qual uma dupla de super-heróis, Neymar e Ganso salvaram o dia. E é bom dizer que salvaram dentro de campo, porque fora dele Muricy deu uma aula de estratégia e provou que é, de longe, o melhor técnico do Brasil. O Peixe venceu pelo placar de 2×0, eliminou o São Paulo do campeonato estadual e manteve a freguesia recente: seis vitórias nos últimos sete encontros.

Rogério Ceni disse durante a semana que o Santos teria um ponto fraco, pretendendo explorá-lo, mas não quis revelar qual era. O jogo já acabou, o São Paulo já foi eliminado e o mistério continua: qual é o ponto fraco do Santos? Se o clube alvinegro tinha um ponto fraco foi antes da vinda de Muricy Ramalho. Uma alteração que só ele enxergou: tirar o único homem de área do time para a entrada de um zagueiro com o time precisando vencer. Sorte de quem não falou nada e esperou pra ver no que ia dar: não teve sua língua queimada.

O São Paulo fez um primeiro tempo melhor e merecia ter saído com a vitória, mas parou em Rafael e na própria falta de pontaria. Se o ditado “quem não faz, leva” funciona bem, imagina quando do outro lado existem Neymar, Ganso e principalmente Muricy. Sob a batuta do técnico, o Peixe está invicto: foram sete jogos, seis vitórias e um empate, 12 gols marcados e apenas dois sofridos.

Além dos dois craques, vale ressaltar outra dupla: Léo e Jonathan. Há muito tempo o Peixe não tem uma dupla de laterais com tantos recursos. Ambos são leões na marcação, correm o jogo todo e apóiam a todo instante. Muito dessa boa fase da retaguarda praiana deve-se aos dois.

O Santos viaja para o México com a moral lá no alto. Neymar e Ganso são os dois melhores jogadores em atividade no Brasil, quiçá os melhores brasileiros em atividade no mundo, e é na balada dessa dupla dinâmica que o peixe vai seguindo em frente nas duas competições que disputa na temporada. Vai pra cima deles Santos!

Por Eder Traskini – @EderTraskini

Fotos: esporte.ig.com.br

About Eder Traskini

Faço jornalismo na UEPG, como Mc'Donalds, tomo Coca-Cola, uso Nike e leio Veja. E não sou a favor do PT. Santista e amante de esportes.

One response »

  1. Com o melhor técnico do Brasil em campo e esses “meninos” jogando como “adultos” e com um talento fora do normal, ninguém segura. São Paulo teve lá suas chances, mas não soube aproveitar. O Santos não, virou um time equilibrado, e quando vai pra frente, vai pra decidir. Mais dois maravilhosos passes de Paulo Henrique Ganso, no primeiro gol, e para Neymar no segundo. Se jogar assim desse jeito, o América passa vergonha terça.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: